terça-feira, 27 de novembro de 2007

Superstições da culinária

Durante as minhas pesquisas na web, achei bem bacaninha esta listinha com superstições da culinária (http://correiogourmand.com.br/). Não levo muito à sério, mas informação nunca é demais.
Ah, quem por acaso passar aqui e tiver alguma supertição à mesa, compartilhe.


SUPERSTIÇÕES À MESA

- Vinho derramado é alegria. Sal derramado é mau agouro. Farinha no chão é sinal de fartura.
- Dinheiro em mesa de comida é sinal de miséria.
- Donzela não serve sal, não corta galinha, nem passa o paliteiro.
- Beber o que restou do copo de alguém é uma maneira de ficar sabendo seus segredos.
- Pegue o prato com a mão direita e devolva com a mão esquerda. A direita é de bênção para o prato cheio e a esquerda, de maldição para o prato vazio.
- Nunca se oferece nem o primeiro nem o último bocado. (como dizia minha ex chefe Lorones: "quer não , quer nada!?!")
- Quando uma panela deixa a comida queimar várias vezes, fica viciada. O melhor é colocá-la de lado, como imprestável.
- Só uma pessoa mexe a comida, senão ela fica sem gosto.
- Não se deixa a colher dentro da panela nem descansando na borda. Isso atrasa a comida.
- Mexe-se da direita para a esquerda primeiro. Depois, ao contrário. Não se mexe a comida com faca porque faz mal.
- Não se passa o sal diretamente para a mão de quem pede. Dá azar. Deve-se colocá-lo na mesa

Um comentário:

Palestina disse...

Engraçado isso, o pessoal mais velho que tem cada supertição engraçada! Minha bizavó por parte de mãe não deixava calçado de cabeça pra baixo. Vai saber...